Plano de Gastos

O plano de gastos funciona como um Raio-X da vida financeira. É um exercício simples, em papel ou em formato eletrónico, que contempla todas as despesas e todas as receitas, mesmo as esporádicas.

É imprescindível não só para uma boa gestão financeira, como para programar o futuro. Deve ser feito no início do ano, tendo por base os objetivos de médio e longo prazo delineados, e, posteriormente, declinado em planos de gastos mensais.

Como fazer:
 - Identificar o destino do seu dinheiro – faça uma lista de todas as despesas fixas e sazonais; anote todas as despesas da família durante um mês, mesmo as de valores mais baixos; determine as despesas por membro da família; analise cada rubrica e veja se é possível reduzir o seu valor.

 - Depois faça uma lista de todas as receitas mensais e esporádicas (ex: juros de depósitos a prazo; subsídio de férias ou de natal, etc)

 - Faça depois o balanço entre despesas e receitas.

 - Por último planeie a sua poupança mensal, que deve fazer parte dos seus gastos: ao fazê-lo está a pagar a si próprio primeiro!

- O plano de gastos mensal também ple permite planear um recurso sustentado ao crédito e avaliar a sua capacidade financeira para pagar um empréstimo.